Ep.1-Quem é sua referência de vida?

Responda a pergunta, antes do 1º Falatório: Quem é sua referência de vida?

Gostaria de fazer uma primeira conversa com vocês sobre o futuro. Acho que não estaria aqui se não fosse essencialmente otimista. Tento não ter um otimismo bobo, mas uma visão de futuro com certa esperança na humanidade.
Temos visto muitas desgraças e tragédias, mas também exemplos de generosidade e força que por vezes estão menos divulgados. A maioria deles não vem de famosos ou celebridades, mas de pessoas comuns.
O que nos falta bastante hoje em dia é termos exemplos de pessoas públicas para inspirarem nossos filhos. Quem podemos usar como referência? Que atletas, artistas, políticos ou líderes vivos, são incontestáveis exemplos? Ainda nos servimos na dos que já foram: Ayrton Sena, Mario Covas, Martin Luther King, Ghandi, Che Guevara, Madre Teresa, etc.
Também tínhamos, nos anos 60, uma esperança de que o comunismo/socialismo fosse um modelo político/econômico que pudesse diminuir as distâncias entre condições de vida extremas. Justiça social e melhor distribuição das riquezas seriam a materialização de um futuro mais generoso e igualitário.
No entanto, esse futuro não veio. 50 anos depois ainda padecemos de enormes diferenças econômicas, com muita gente desamparada e sofrida. Em vários países e em quase todos os continentes.
O que temos pela frente? Como não perder a esperança num futuro melhor? A resposta é lógica: se não há exemplos de líderes iluminados a nos inspirarem e nem um sistema político/econômico a nos amparar, que tal procurarmos respostas em menor escala?
Ao invés da celebridade, do atleta, do político famoso, que tal uma pessoa da família, uma líder informal do bairro ou do clube, que tal um professor generoso?
Ao invés de um modelo político/econômico de direita ou esquerda, que tal práticas administrativas que deram certo em pequena escala, e mudaram a vida das pessoas pra melhor? Se a resposta em grande escala não aconteceu, vamos procurá-la em exemplos mais locais, mais próximos. Com a enorme diversidade de realidades, soluções específicas são óbvias.
Se pudermos mudar, minimamente e em pequena escala a vida de alguém para melhor, já faremos alguma diferença. Várias mudanças no micro podem ajudar o macro.
Nas nossas conversas aqui pretendo das dicas, sugestões e falar com pessoas que possam contribuir para um futuro melhor. Como sou da área psi, meu foco principal será esse. Relações humanas. Saúde. Criatividade. Afeto. Trabalho. Sexo. Vida!!
Espero sua participação. Na vida e no programa. Dê toques, sugestões, faça comentários. Estamos ouvindo… Até lá!!!

Publicado por

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.